Loja de Artigos Esportivos Online | Netshoes

História Redken

Paula Kent foi a cofundadora dos Laboratórios Redken em 1960. Nos anos 1950, época em que os cabelos eram muito clareados e encrespados, a jovem atriz foi desafiada com um cabelo fino como o de bebê e uma pele sensível. Nos sets em Hollywood, ela teve reações alérgicas aos produtos utilizados por cabeleireiros e maquiadores. Paula visitou, então, dermatologistas e cabeleireiros para encontrar uma solução, mas ninguém pôde explicar-lhe a ciência por trás dos produtos.

Em um momento de inspiração, Paula percebeu que ela poderia ajudar milhões de outras pessoas que precisavam de produtos suaves e de alta performance - e que cabeleireiros profissionais precisavam entender a química do cabelo e da pele, os ingredientes dos produtos e sua relação com um cabelo bonito e saudável.

Usando 3.000 dólares que ela ganhou por participar de um comercial de cerveja, Paula Kent e seu cabeleireiro Jheri Redding (cuja junção dos nomes originou a marca) deram início à Redken, com três produtos e um programa de educação intensiva para cabeleireiros. As fórmulas foram desenvolvidas com base em três princípios: tecnologia de proteínas (já que o cabelo é composto principalmente por proteínas); um pH ácido de 4,5-5,5, complementando o pH natural do cabelo e da pele; e produtos recomendados exclusivamente por esteticistas licenciados em salões profissionais

Com isso, Paula Kent revolucionou a indústria de cuidados profissionais com o cabelo, tanto para os cabeleireiros quanto para os clientes. Seu espírito de pioneirismo é estimado e ela deixou o legado que sustenta a marca hoje.