HomeTudo de tendenciasA volta do moletom: ele nunca saiu de moda

A volta do moletom: ele nunca saiu de moda

Queridinho da quarentena, o moletom ganhou novos ares e invadiu o home office

Popularmente chamado de abrigo em um passado não muito distante, o moletom ganhou status de “pretinho básico” no home office da quarentena. Usar uma confortável calça faz qualquer um trabalhar melhor. Mas não basta ser confortável, tem que padronizar! E os conjuntos de moletom, que a pouco tempo eram considerados roupas de tiozão, voltaram com tudo e viraram a grande tendência de 2020.

Tem conjuntos de todos os tipos e para todos os estilos. Tem modelo feminino, masculino, infantil, tie dye, liso, com listras, com estampas. Há uma infinidade de opções para deixar você confortável e bem apresentável para uma eventual reunião remota. Mas se engana quem pensa que foi a quarentena que resgatou o moletom. 

A alta costura já havia transformado os agasalhos em artigos de luxo. Em 2014, a Chanel trouxe os conjuntos de moletom de volta para o mundo fashion quando apresentou sua coleção de inverno no que ficou conhecido como o desfile do supermercado. Era tudo cenografia, mas foi tão marcante e divertido que no ano seguinte foi a vez da Gucci trazer o streetwear para uma coleção tão marcante que a marca cresceu seis vezes o seu valor em 2015.

O resultado criativo e financeiro da Gucci fez com que todas as grandes grifes começassem a produzir peças em moletom que, desde então, aparecem nos catálogos das revistas de moda. Com a necessidade do isolamento social, a busca pela roupa confortável deu um boom e o moletom voltou com tudo.